domingo, 31 de outubro de 2010

Tropical Tribes está no ar









Buenas, gurizada. Trago hoje um game em que trabalhei na Techfront, juntamente com o amigo Victor Kai. Trata-se de um game para as redes sociais, onde você cria o seu avatar e tenta sobreviver em uma ilha juntamente com seus amigos.

No game, eu fiquei encarregado da parte de criação do estilo dos personagens e animações, enquanto o Kai se aprofundou no cenário e nos itens, bem como a interface. Na real ele acabou fazendo muito mais coisas, pois eu dexei a Techfront quando consideramos que a arte estava quase completa, mas o jogo modificou muito neste tempo (e para melhor).

Muitas das coisas que acho mais legais inclusive saíram das mãos dele, como os monstros marinhos e as montanhas colecionáveis, mas curti bastante fazer as animações dos personagens, desde a dancinha até a animação deles trabalhando. Criar a animação do bebezinho caindo na ilha também foi muito legal, mas não sei se ela foi aplicada no jogo. Os macacos loucos também foram muito legais de criar e animar. Ainda tem outros animais que não sei se foram aplicados ao game, como pássaros, tartarugas e até galos, quem sabe mais adiante eles entrem. O que posso dizer é que me sinto orgulhoso por este projeto, pois ele saiu muito mais bonito do que imaginava e também ficou bem divertido.

Parabéns à galera da programação, John Campagnaro, Naftali Santos e Victor "Letaris" Hain, que se quebrou de inúmeras maneiras pra deixar o game funcionando redondinho. Parabéns ainda ao "tio" Eros Carvalho e ao Carlinhos, que ficaram na produção do jogo e ao Guilherme Belotti e ao Juliano "Panthro", que trabalharam em épocas diferentes no game-design, ao grande Herly, responsável pela trilha sonora e sound effects, e ao Frank Agostinho, o Darth Frank Vader, que fez a direção de arte dos personagens que criei.

Parabéns a toda essa galera, e quem quiser conferir, o game está rolando na versão beta no orkut, que foi traduzido como Tropical Mania, segue o link abaixo:
http://www.orkut.com.br/Main#AppInfo?appId=459028268070


E no "más", um quebra-costela beeem cinchado a todos. Hasta luego, indiada.

domingo, 24 de outubro de 2010

Mais estudos de escultura








Buenas, gurizada. Trago hoje mais um estudo de modelagem, desta vez um torso feminino. Não tenho imagens do processo de trabalho desta vez, pois nem pretendia postar o resultado, era para ser apenas um estudo rápido, mas fui curtindo o processo e fui trabalhando ele mais e mais até chegar a este resultado.

Comecei este torso a partir de uma Polyshpere 3D, mas me arrependo. Devido ao formato inicial deste tipo de esfera, certas falhas apareceram na malha que eu não consegui resolver, como dá pra ver claramente na barriga e nas costas dela, certas linhas verticais. Mas no geral, acabei aprendendo muito, explorei novos brushes que pudessem suavizar as formas até dar a leveza e suavidade das curvas femininas. Tá certo que ela ficou parecendo essas dançarinas de funk, talhada em academia, mas pra uma próxima eu tento fazer ela mais magrinha.

Arrisquei fazer as marquinhas de bikini e também sardas nela por meio das ferramentas de pintura do ZBrush. Também usei este processo para fazer as cores dos mamilos e dos pêlos pubianos, mas nos pêlos também usei um brush que deu a textura aproximada para acompanhar a cor.

No geral, eu sentia dificuldade em modelar as formas mais suaves, e este estudo foi um grande avanço pra mim, que vai me permitir modelar as mulheres que curto desenhar. Ainda está um tanto dura a forma e com alguns erros anatômicos, mas pro próximo eu acerto.
Por hora é isso. Hasta luego, indiada!!


video

quarta-feira, 20 de outubro de 2010

Entregando alguns trabalhos












Buenas, gurizada. Trago hoje algumas fotos tiradas na sexta-feira passada. Foi uma semana muito cansativa, stressante, mas no fim o esforço valeu a pena. Tudo deu certo e os clientes ficaram satisteitos.

Foram entregues 2 trabalhos no mesmo dia, e ambos com uma grande carga de trabalho 2D. Ambos eram projetos diferentes do que venho fazendo nos últimos tempos, e por isto mesmo foram divertidos de fazer. O primeiro é um tapete interativo, desenvolvido para a Fundação Liberato. Criamos um caminho para os estudantes trilharem pelo tapete, que era um grande controle que acionava os videos correspondentes a cada área da fundação. O desenvolvimento do protótipo ficou a cargo de Cristiano Silva. A programação foi feita por Rodrigo Moreira, a produção a cargo de Cristiano Max, Gilbeli no arremate do tapete e eu fiz a arte impressa e base pro video.

Já o outro projeto foi uma grande mistura de físico e virtual. Trata-se de um jogo de tabuleiro, misturado com game de auditório de perguntas e respostas com card-game. Já explico: desenvolvemos este projeto para a Kimberly & Clark, que está promovendo um evento interno, e teve a ideia de fazer um game para a diversão e conscientização dos seus funcionários. O game é coordenado por um apresentador e é disputado em equipes, que variam de 2 a 7 grupos, e eles disputam um game de tabuleiro com perguntas e respostas. Cada equipe tem seu tabuleiro físico para acompanhar seus adversários e definir suas estratégias, mas o jogo se passa no telão, onde rola toda a ação do jogo e as animações dos peões pela tela. Cartas de ataque e defesa são dadas às equipes que se enfrentam para ver quem vence.

Este foi um projeto também muito gostoso de trabalhar. As ilustrações são de Luis Fernando Vieira, a programação de Nilton Kummer com ajuda de Alan, produção de Marsal Branco, e eu fiz a interface, animações, colorização e direção de arte.

Mas pra entregar este trabalho, acabamos virando a noite pra entregar na hora marcada. Dá pra ver pelas carinhas do pessoal na última foto (Alan, Nilton e eu). Mas trabalho entregue, que venham outros............... mas que não tenhamos mais que virar madrugadas.

Hasta luego, indiada!!

segunda-feira, 18 de outubro de 2010

Aprendendo a acrescentar luzes no ZBrush


E eis que decidi dar uma folheada no meu livro de ZBrush e sem querer abri nas páginas que falavam sobre Iluminação e resolvi voltar a este trabalho do orc gordo e unicórnio.
Na verdade quando o amigo ilustrador Luis Fernando Vieira perguntou sobre o render no ZBrush, eu decidi dar uma pesquisada extra no assunto e dei de cara com a iluminação. Na verdade descobri que é muito fácil de acrescentar luzes neste programa e alterar o seu tipo e cor. Realmente a cada dia que passa este programa me surpreende mais e mais.

E para esta imagem, as únicas coisas que fiz no photoshop foi juntar todos os renders e acrescentar os textos . Busquei fazer uma iluminação bem contrastante como a de uma fogueira na noite. Curti o resultado, vamos ver o que mais consigo fazer enquanto tenho algum tempo de calmaria, já que a maioria dos trabalhos da Ilinx mais urgentes foram entregues esta semana e eu terminei de assistir Lost. hahaha

Bueno, uma ótima semana pra todos e Hasta Luego, indiada!!

domingo, 17 de outubro de 2010

Fat Orc - um estudo de peso

video


É, eu sei, tenho feito piadinhas muito infames nos meus posts ultimamente, deve ser o cansasso. Mas bueno, trago a vocês hoje um estudo de ZBrush. Eu comecei este esboço uns dias atrás, modelando apenas a cabeça, mas não estava muito contente com o resultado e deixei ele de lado.

No entanto hoje deu vontade de retrabalhar ele, e acabei criando todo o busto dele, e me agradei do resultado. Decidi fazer um pós-tratamento em algumas imagens e mostrar o resultado aqui. Vou dar mais uma estudada nos meus livros, ver como faço para exportar estes estudos para o Maya e ver como se portam no outro programa.

Bueno, por hora é isso. Hasta luego, moçada.