sábado, 30 de março de 2013

Desenhar é um dom... só que não!

 
Buenas, gurizada! Tempos atrás fiz um post entitulado Então você quer ser desenhista? Curiosamente, tempos depois ele acabou rendendo boas conversas, atiçando a curiosidade de alguns leitores que deixaram suas opiniões, e também me deixaram com vontade de escrever um pouco mais sobre o assunto.

  Antes de mais nada, vou avisando que este post não vai ser cheio de palavras que você quer ler, mas sim das que você precisa ler. Ser desenhista é algo bacana sim e extremamente divertido, no entanto nem tudo são rosas, principalmente no início.

  Ok, então você tem um álbum cheio de desenhos bacanas no facebook, daqueles feitos em folhas no final do caderno e todos os seus amigos curtem e te acham o máximo, e dizem que você tem o "dom", certo?! Você copia com perfeição qualquer desenho do Wolverine, Batman, Superman e faz igualzinho todos os personagens dos mangás e animes, não é mesmo?

Pois então meus parabéns, você é exatamente igual a todos os jovens aspirantes a desenhistas.

  A maior parte dos artistas de colégio (como se costuma chamar) acaba desistindo por vários motivos logo após o ensino médio, geralmente por não ter ideia de que é possível ser um profissional com um dos seus passatempos favoritos. Mas vamos supôr que então você foi diferente dos outros e não desistiu, você realmente resolveu ser desenhista e juntou todos os seus desenhos mais legais em uma pastinha preta e saiu mostrando pra todo mundo, mas o emprego não aparece e nem você e nem sua família e amigos entendem a razão. Por que diabos você não consegue um emprego como desenhista?

  Existem várias respostas para esta questão:
 - Marte não está alinhado com júpiter;
 - Seu nome não está batendo com a numerologia;
 - Aquela velhinha que você deixou de ajudar no cruzamento era uma bruxa e te rogou uma praga;
 - E a mais provável de todas, você ainda tem muito que estudar!

  Primeiro de tudo que, diferente das outras profissões onde existe vaga para veterinário, vaga para engenheiro, enfermeiro, servente, etc, não existe uma vaga específica para desenhista. O profissional nesta área é um ser que tem que se adaptar às diferentes oportunidades. As vagas para um "desenhista" serão basicamente chamadas de designer, arte-finalista, animador, as vezes ilustrador, entre outras tantas. A pessoa que quer se tornar um profissional da ilustração tem que buscar oportunidades e se adaptar aos diferentes tipos de trabalho onde desenhar é interessante, mas não necessário, mas é aí que você que desenha vai fazer a diferença.

Veja bem, não basta apenas copiar desenhos, é preciso criá-los. Não basta desenhar no papel, a finalização tem que ser digital. Não basta saber desenhar bem, tem que saber vender o seu produto. Não basta ser um bom artista, tem que ser um bom profissional. Portanto reveja seus trabalhos, como você tem agido e volte a estudar, mesmo profissionais treinam todos os dias mesmo estando no mercado a anos.

  A maioria das pessoas diz que desenhar é um dom, e como você deve ter notado eu discordo completamente. Quando uma pessoa diz isto, todo o trabalho que se tem durante incontáveis noites estudando livros de anatomia, pintura, pesquisando novas técnicas e todo o investimento financeiro em equipamento e cursos é simplesmente ignorado, afinal você tem o dom e não precisa estudar. Eu dei aula em oficinas de desenho e vi adolescentes com um talento enorme que eram preguiçosos serem deixados pra trás por outros que eram muito mais dedicados. O que vale é o quanto você se dedica. Talento sem estudo não adianta porcaria nenhuma!

  Sabe, muitas vezes as pessoas ficam se perguntando por que não acham emprego com seu trabalho na sua cidade, e a resposta na maioria das vezes é: porque aí não tem mercado pra você! E então? Vai ficar aí chorando as mágoas porque foi um injustiçado que, como a maioria das pessoas não teve a sorte de nascer em um lugar que valorizasse o potencial que você tem, seja 2D ou 3D é, ou vai correr atrás de uma maneira de mudar isto?

  Estude, estude muito. Não sei se já te disseram, mas a internet está aí pra isto também, e não só pra baixar filmes, séries e pornografia. Você pode aprender muito sobre qualquer coisa em sites, fóruns, youtube, vendo blog de artistas, pegando informação de quem já trabalha na área, fazendo contatos, e quando tiver a chance busque uma colocação no mercado, seja ela qual for, mas entre em algum lugar onde você possa pôr o seu estudo à prova e que tenha outros profissionais da área para trocar informações e adquirir novos conhecimentos, esta troca é essencial. Lembro que comecei sendo arte-finalista em uma agência de propaganda em Bagé, interior do RS produzindo material publicitário. Sempre que podia, dava um jeito de colocar alguma ilustração nos trabalhos, e por fim acabei, de certa forma, transformando a agência no meu laboratório, podia ilustrar, testar novas técnicas e até mesmo animar em algumas vezes, até que decidi arriscar tudo e mudar de cidade (e estado) para correr atrás de novas oportunidades. Com isto, acabei conhecendo muitas pessoas e lugares legais como Florianópolis (SC), Curitiba (PR), Porto Alegre e Novo Hamburgo (RS), aprendendo muita coisa e também me tornando um profissional cada vez melhor, trabalhando com design de produtos e com a coisa que eu mais queria, desenvolvimento de games.

  As oportunidades não batem à porta (tirando aqueles dias de muuuuita sorte), você tem que correr muito atrás delas, e isto vale não só pra quem trabalha com arte, isto é uma verdade para todas as áreas. Só vence quem é dedicado. Saia da sua zona de conforto, largue o leitinho com pêra e o ovomaltino e prepare-se pra encarar um mundo onde a concorrência é enorme e o nível exigido é alto. Acredite, cada momento vale a pena.

  Hasta luego, indiada!!

16 comentários:

Anônimo disse...

Bom,primeiramente parabéns pelo seu blog e tals.Sendo direto, sempre achei que dava bem na carreira artística pois eu realmente achei que tinha esse talento,so que também ja tinha noção de que o ramo é complicado e assim como qualquer outro exige sacrifícios. Mas pra falar a verdade nao sabia que era tao complicado, talvz pq estamos no Brasil, enfim... Desde criança sempre gostei de desenhar(tenho um primo que é Designer que me influenciou bastante) e jogar games de RPG de mesa,e no PC também. Então, tenho 16 anos e vou fazer vestibular esse ano pra engenharia mecanica pois sou bom em fisica e matematica e por meus pais dejerarem que eu siga nesse ramo, mas na verdade eu queria levar pro ramo da arte, criar games, fazer desenhos, etc. entao acho que vai ser muito questao de sorte eu decidir ser designer ou algo do tipo, acho que vou ser bastante criticado pela familia e sempre fui um cara que tive tudo, acho que pelas minhas condiçoes e nao sendo chato sou classe media alta, e a visao que as pessoas me passam é que desenhar nao da dinheiro( acho que e por isso que dexei de desenhar a um bom tempo) mais ae comecei a ver uns blogs(como o seu) e ai retornei a fazer alguns esboços, cara me ajuda, oque eu faço? abraços^^

Charles Moreira disse...

Mais um soldado anônimo da resistência. :)

Bueno, antes de qualquer coisa, fico contente que esteja gostando do blog, muito obrigado, mesmo. Indo também direto ao ponto, pense no seguinte: quem vai trabalhar é tu, não os teus pais. Eles sempre vão se preocupar conosco, mesmo que estejamos bem, isto é um fato, no entanto não podemos deixar que eles tomem esta decisão, senão iremos sempre deixar que os outros façam as nossas escolhas. As pessoas tem a tendência a pensar que o que é novo é ruim e que não vai dar certo, mas é normal, é apenas porque elas não sabem como funciona.

Pois bem, eu sou desenhista, vivo disso a anos e minha vida vai muito bem. Grande parte dos meus amigos são desenhistas e eles estão vivendo bem e melhor do que muitas pessoas que conheço com profissões mais ortodoxas. Desenhar dá tanto dinheiro quanto qualquer outra área e pasme, até mais. Lógico que geralmente acabamos tendo que sair da nossa zona de conforto e desbravar capitais em busca de oportunidades e reconhecimento, mas isto é bom, a pessoa cresce com isto.

Ser desenhista não é fácil, mas hoje em dia nenhuma profissão é. Temos que batalhar e estar sempre nos aperfeiçoando e nos adaptando ao mercado de trabalho, o mundo não é mais o mesmo que o dos nossos pais.

Tenho 2 amigos desenhistas que eram engenheiros, um deles engenheiro mecânico, e ele acabou largando a área e começou a trabalhar com games e hoje em dia está muito bem. A maioria dos exemplos que dou é da área de games porque é a área em que atuo, no entanto existem muitas outras áreas onde um desenhista pode atuar e ter tanto sucesso quanto, como quadrinhos, ilustração, animação, web.

Eu aconselho a conversar com seus pais, é um momento de dúvidas e decisões, então exponha a eles as tuas vontades, teus receios, teus pontos de vista, pesquise sobre as áreas que tu tem interesse, converse com outros profissionais a respeito do trabalho delas. Se quiser mandar e-mail pra mim com perguntas, pode enviar, e faça o mesmo com pessoas de outras áreas. Recomendo que leia as entrevistas aqui do blog, foram poucas, mas elas mostram bem as diferentes tragetórias de diversos profissionais que são atuantes no mercado. Precisando é só perguntar!!

Abraço a você que eu não sei o nome!! ;)

Anônimo disse...

Poxa cara vlws pelo conselho. acho que realmente gastei um pouco do seu tempo pra fazer um texto desses, rsrs. bem, li sim alguns arquivos, que estao mto bom por sinal, e pretendo continuar lendo pois o blog e bom assim com outros que andei lendo. Sobre seu conselho, vou tentar fazer o que vc flou mostrar meus pontos de vistas e tals,entretanto acho mto dificil quando se tem pais preconceituosos. bem tambem consegui um conselho com meu professor que seria o seguinte: faço o que eles mandam(entro no curso de engenharia),e quando eu estiver mais independente eu tento fazer algum curso ligado ao desenho,assim como seus 2 amigos, eu tambem gosto de engenharia, e acho que se eu escolher curso de desenho seria algo muito ´´Poético`` .
Obs.:quero passar em federal, apesar de meus pais quererem bancar uma particular,e nao sei direito se o curso e bom,vou procurar mais informações.

Enfim.. mais uma vez obrigado,prefiro continuar sendo conhecido como ´´um soldado anônimo da resistência``rsrs. continue postando novidades^^ se der certo te mando um email. abraços^^

Charles Moreira disse...

hehe, sem problemas, eu gosto de escrever, e quando reparo já foram linhas e linhas e eu já escrevi demais.

Faça suas escolhas com tranquilidade. Se tu quiser evitar atritos familiares, tenho um último conselho: escolha algo que tenha alguma relação com desenho. Arquitetura acredito ser uma boa pedida, pois assim tu ainda vai estar envolvido com a área de uma maneira mais técnica.

O problema que eu vejo é se desligar do desenho por 4, 5 anos e depois decidir correr atrás do tempo perdido, isto é complicado. Com arquitetura (ou algo similar), tu vai estar desenhando e também pode estudar 3D, e os conhecimentos adquiridos seriam muito mais úteis à tua carreira como desenhista do que um curso de arte qualquer. Acredite, eu fiz 3 anos de faculdade de artes, e bem que gostaria de ter feito arquitetura. Abração e boa sorte.

Gabriela Alves disse...

Ótimo texto...
Bom, apesar de não ser desses adolescentes que ficam se gabando no facebook, eu sou um pouco receosa com os meus desenhos.

Para se ter uma ideia, o desenho que está no header do meu blog fui eu que fiz. Acabei de ganhar um tablet, então estou treinando ainda.

Por isso, nem coragem eu tenho de por no facebook. Tenho que aprender muuuito ainda, muito mesmo para poder me gabar hahaushuahs!

Parabéns pelo blog.

http://olddimension.blogspot.com.br

Nil Lima disse...

Mano, que texto ótimo e animador. Bem, eu desenhava até os 12 anos de idade, mas acabei deixando de lado por conta das más amizades e porque minha família achava que isso não dava futuro. Hoje, exatamente 10 anos depois, decidi que iria lutar por esse sonho de ser ilustrador, comprei meus lápis, borracha, régua e papel, pra voltar a rabiscar.

Tava muito preocupado com a velha história do "é tarde demais", mais ao ler o que cê postou, me senti com a força de vontade recarregada e decidido a me esforçar o máximo pra fazer as coisas acontecerem. Ainda tô tirando a ferrugem das juntas, me batendo com desenhos de mãos e pés, relembrando conceitos e aprendendo outros.

Meu querido escritor desse blog, MUITO OBRIGADO! Quando melhorar meus traços, eu prometo te mandar alguns desenhos e dizer onde for, que nesse texto achei força pra não desistir. Vlw

Lorde Croowel disse...

Acredito que desenhar bem pode sim ter um fator que contribua, se você tem talento por natureza para desenho, é normal que você tenha mais facilidade do que pessoas que tiveram que ralar muito para desenhar mais ou menos. Concordo plenamente que o estudo é o que vai aprimorar o talento e o resultado da arte. Isso vale para qualquer tipo de expressão artística, nenhum artista foi incrível sem a prática, na música, no teatro, seja lá aonde for. O dom existe, se esse dom vai ser aproveitado, aí é outra história.

Jorge Lucas disse...

Oi Charles, tenho um sonho de ser desenhista de quadrinhos e criar arte para games também, mas também tenho essa coisa de estar velho demais, apesar de ter 20 anos e estou pensando em começar um curso de desenho voltado a quadrinho que tem aqui em Porto Alegre, mesmo sendo um investimento caro acredito que seja para a vida toda, porém ainda me vêm essa coisa de se serei bom.

Charles Moreira disse...

Olá, Jorge Lucas! Cara, sério que tu te acha velho com 20 anos?! Então eu com meus 32 anos recém completos sou um matusalém! Cara, se eu estivesse perto de ti agora, faria como aqueles personagens dos animes: te daria uma bela pancada na cabeça de te atirar longe!

Cara, é uma matemática simples: quanto mais você estudar e praticar, melhor você irá ficar no que quer que você venha decidir fazer da vida. Desenho é muita tentativa e erro, mas muita mesmo.

E de boa, nesta idade a gente tem tempo pra caramba e nem precisa torrar grana para aprender a base não. Guarde esta grana, invista em bons livros, assista boas video-aulas no youtube (tem vários canais excelentes, mas em inglês), e pratique muitas horas por dia, na sua idade eu ficava todo o tempo livre que eu tinha desenhando por horas a fio, e isto não mudou hoje. Não há melhor mestre que a prática!!

Charles Silva disse...

Eu não sou muito de copiar desenhos. eu gosto mesmo e de criar desenhos.

Anônimo disse...

Gostaria muito de aprender a desenhar,sabe me expressar.
......"música é a arte de expressar os sentimentos da alma através do som".........e o desenho com certeza é a mesma coisa só que a expressão é através do desenho,na minha opinião.....

Anônimo disse...

Criar é fácil,quando se tem boa criatividade e imaginação........boa sorte e continue criando....bj

Anônimo disse...

Tenho 14 anos,não desenho muito porque sou meio preguiçosa,mas ano novo vida nova,vou voltar a desenhar.......parabéns.
..não importa a idade a gente tem é que seguir nossos sonhos...

Dith disse...

Nunca se deve parar de estudar mesmo :/ seu artigo me animou mais Charlie, obrigado e boa sorte guri!

Charles Moreira disse...

Galera, que bom que vocês estão gostando. Desculpem a demora em responder, tem sido bem corrido, mas pretendo inclusive voltar a gerar conteúdo para o blog em breve.

Anônimo disse...

Olá!! Estou no ultimo semestre de publicidade, tenho 33 anos e sou apaixonada por artes. Sempre tive muita vontade de aprender a desenhar, mas como todo cidadão que precisa se manter...dedicava meu tempo ao trabalho. Acredito que não tenho o dom!
De fato é possível? Quero fazer Design Editorial em 2018, vi que tem matérias que quem saber desenhar terá mas facilidade. Gostaria da sua sincera opinião.

Há...parabéns pelo blog.