segunda-feira, 16 de abril de 2012

Burning in Rage - o primeiro estudo do conto


Buenas, gurizada. Levou tempo, mas finalmente está pronto: Burning in Rage. Já estava enrolando a bastante tempo para concluir esta ilustra, mas fiquei bastante contente com o resultado final.

Sim, ele tem falhas, mas resolvi deixá-las como estão e concluir o estudo para partir aos próximos trabalhos. Falhas como detalhes no rosto, cabelos, barba, e mesmo alguma coisa no cenário. Gostaria de ter posto algum elemento maior em primeiro plano, como barras de ferro, espadas ou mesmo cabeças, mas creio que com o fogo nada disso estaria lá e minha paciência também se esgotou.

Tive algumas ideias e quero pôr elas logo em prática, mas não queria dar continuidade sem antes terminar esta, e agora estou livre para prosseguir. Guildor irá ganhar um conto, possivelmente a história em quadrinhos que falo a alguns anos, inclusive. Nunca finalizei nada pois eu não estava satisfeito com a história, abordagem e mesmo o traço que eu vinha desempenhando. No entanto agora, trabalhando por uma linha menos "certinha", com um visual mais de bárbaro, e com uma história simples mas sem ser tão batida, creio que eu vá me divertir bastante com esta aventura.

Se possível, deixe suas críticas, observações e comentários, isto me ajudaria muito. No mais, vou ficando por aqui porque já são quase 3h da madrugada de domingo e a semana começa novamente.

Hasta luego, indiada!!

3 comentários:

Victor Vic disse...

Muito Massa Camarada!
Sabe esses pequenos defeitos na maioria das vezes até enriquecem a obra com um estilo próprio. Gostei especialmente das texturas usadas. Pelo menos é o que eu acho. Esse personagem é teu Mascote não é? Já te acompanha a um bom tempo, merece mesmo uma história própria, mesmo que seja uma rápida tirinha. Até lá fico aqui de olho. Abração!

Diário de um desenhista em evolução. disse...

Buenas Victor, meu velho. Cara, valeu o comentário, concordo contigo no que diz respeito às falhas, elas sempre vão existir, só não podem ser descaradas. E também rola muito daquela coisa de procurar os defeitos e querer fazer melhor no próximo.

Sim, o anão me acompanha a muitos anos, pelo menos a 10 eu o desenho e ele está para ganhar uma aventura a muito tempo, mas eu nunca achava as histórias que eu criava boas, elas sempre ficavam muito comuns, e isso não me agradava. Mas agora estou trabalhando em um roteiro que está me agradando para uma aventura curta que pode ser que não vire uma HQ, mas um conto ilustrado. Quadrinhos exigem tempo, e isto é um artigo que eu estou em falta.

Valeu, meu velho!!

thomas sasuke disse...

Ei eu sei desenha a mão apenas mais sou otimo desenhista de dragões e monstros;porem apenas a papel e lapis caneta e etc!Alguem sabe como posso trabalhar assi !? Meu Whatsapp 064 93350226 !